Magia Natural

Lua Negra

By março 15, 2018 No Comments

A Lua Negra ocorre no período da lua minguante, mais precisamente nos três últimos dias desta Lua, quando o ciclo se fecha para depois iniciar novamente. Ela é a ausência de luz da lua, é como se não existisse a lua no céu. Neste intervalo de tempo “revela” a verdadeira face oculta da Lua e faz reverência às Deusas Escuras do submundo. Lamentavelmente a interpretação da Lua Negra foi bastante distorcida, e passou a ser interpretada como algo maléfico. Surgiram lendas e superstições sobre demônios e forças malignas que pairavam sobre a Terra neste período, os quais seriam a força motriz de catástrofes naturais, no qual as magias negras eram amplamente executadas. Porém, como dito anteriormente, estas são trágicas distorções a respeito desse fenômeno lunar, o qual pode ser aproveitado como uma oportunidade extremamente benéfica para nossas vidas.

Nos dias da Lua Negra, é como se as forças naturais não interferissem em nosso livre arbítrio e um vácuo fosse criado entre o tempo e o espaço, pelo qual todos os aspectos ocultos das nossas sombras emocionais, do nosso Eu mais profundo, viessem à tona.

Este fenômeno lunar propicia o acesso às profundezas da nossa psique, ao submundo, ao lado mais escuro do nosso Ser, ou seja, ao único lugar onde é possível nos depararmos com as nossas sombras e resgatar os verdadeiros motivos dos empecilhos em nossas vidas. Ao entrar em contato com a nossa sombra e nos conscientizarmos de sua real existência,  podemos ter o direito de dizer: “Eu não lhe quero mais. Eu não aceito mais isso para a minha vida”.

O período de Lua Negra propicia a energia de criar, de destruir e de curar, sendo assim o momento do ciclo lunar mais favorável para a destruição do velho e a criação do novo, simultâneamente. Reconhecendo o seu poder, a sua importância e sua função,  somos capazes de reconhecer a beleza dos ciclos em nossas vidas, podendo assim, retificar os conceitos de separação, como “bom e ruim”, “certo e errado”, compreendendo que tudo faz parte de um Todo, ou seja, a Criação Divina. Desta forma podemos unir os conceitos separatistas e integramos o nosso lado escuro ao restante do nosso Ser.

Os rituais propícios para esse período são os de banimentos, descarregos e cura através da transmutação, como por exemplo os de abertura de caminhos, de limpeza etc. Os elementos magísticos mais indicados são as velas de cor preta, para banimentos, branca, para novos ciclos e vermelha ,para realização – o que corresponde à tripolaridade da Grande Deusa.

A Deusa regente desse período é a Anciã, especificamente Hécate, que é a Anciã das Deusas Negras.

Abençoados sejam todos!

O meu humilde Anamastê

 

Leave a Reply