Técnicas Terapêuticas

Você tem Medo de Que?

By junho 28, 2018 julho 2nd, 2019 No Comments

Na semana passada, escrevi brevemente sobre um momento especial de minha vida no qual, ao me deparar com medos diversos e buscando me livrar deles, encontrei a ajuda e a força dos florais.

Para continuar a nossa conversa, escolhi hoje falar sobre os florais que cuidam e tratam dos nossos MEDOS. Mas antes, considero importante que falemos  um “bocadinho” sobre a ação dos florais e em quais situações eles podem nos ajudar.

Os Florais são indicados para inúmeros sintomas e situações que impeçam a pessoa de estar em um estado de equilíbrio que lhe proporcione a harmonia necessária para seu bem estar e força de direcionamento em sua vida. São indicados, por exemplo, para: medos, ansiedade, carência afetiva, letargia, dificuldade de aprendizado, sentimento de inferioridade, pessimismo, mente que não pára, indecisões, pesadelos, dificuldade de relacionamentos, falta de fé, nervosismo excessivo, sentimento de solidão, depressão, raiva, preocupação excessiva com tudo, mania de limpeza, autoritarismo, baixa autoestima, descontrole emocional, ciúmes, impulsividade, mágoas, etc. Sintomas físicos são uma forma de anúncio, saturação ou expurgo de desequilíbrios emocionais ou mentais, por isso quando o fundo da questão é tratada, estes têm a tendência em diminuir ou sumir por definitivo. Alergias, asma, dores por vários locais do copo, queda dos dentes, enrijecimento dos músculos e articulações, enxaquecas, infecções são alguns exemplos de sintomas físicos gerados por desarmonia emocional.

Lembramos que o tratamento com Floral é complementar e não substitui os remédios alopáticos receitados por seu médico, nem tão pouco devemos deixar de seguir as instruções da medicina tradicional para o tratamento das manifestações no físico.

Os Florais não são considerados remédios, mas sim uma essência vibracional extraídas de flores. Um tipo de suplemento, uma água especial e saudável que é ingerida em poucas gotinhas e que vem se mostrando muito eficaz na busca do equilíbrio para a manutenção de uma melhor qualidade de vida através da harmonia do ser.

Podemos dizer que não são os florais que curam, porém eles acionam potencialidades internas que ativam nossa comunicação com o nosso EU SUPERIOR, “acordando” virtudes existentes em nossa essência que estavam adormecidas. Portanto, impulsionam nosso ser a realizar uma autocura.

Ao falarmos, portanto, dos florais que cuidam dos nossos medos, podemos entender que a ação desses florais se dará em “acordar”, em nosso íntimo, as virtudes que trazem as vibrações de coragem, de segurança, de amor, nos tirando do âmbito da vibração do medo.

Bach foi o precursor das essências florais, depois dele, muitos outros sistemas foram descobertos e somaram em ampliar o campo de atuação dessa terapia.

O medo traz em si uma característica comum que é o estado de alerta em que a pessoa se coloca, diante de algo, ou idéia, ou fantasia que lhe ofereça um perigo (real ou não), mas que se torna eminente e ameaçador. A intensidade e a forma como os medos se apresentam podem variar muito de indivíduo para indivíduo, mesmo que os motivos sejam semelhantes. Pode variar entre a sensação do medo de forma branda até o estado de crises de pânico que paralisam a pessoa de realizar suas tarefas básicas do dia a dia.

No sistema de Bach temos um grupo para trabalhar apenas com os sintomas dos medos.

Trabalhamos também com os florais de Minas que não se apresentam em grupos de características, mas apresentam inúmeras possibilidades de essências e combinações das mesmas para o tratamento desse sentimento.

Em Bach temos uma família/grupo que trabalha com cinco tipos de essências para cinco tipos distintos de medos. Para que você se familiarize com elas, vou citar aqui algumas essências e suas atuações.

Mimulus é a essência de Bach que traz o equilíbrio para quando sentimos medos conscientes. São medos conhecidos mas que não conseguimos nos libertar. Medo de dirigir, medo de animais ou insetos, de escuro, de chuva, de altura, medo de ladrão, de lugares fechados, de água etc. São medos aparentes mas, geralmente, sem um fundamento palpável. É a essência que nos dá coragem para sermos o senhor de nós mesmos e vencermos todas as nossas limitações.

Já a essência da flor de  Aspen trabalha com os medos mais inconscientes que trazem consigo sintomas como a ansiedade, os tremores, a sensação de perseguição, sudorese, medos da espiritualidade, medo de morrer, medo de sonhar etc. Esses medos indefinidos e inexplicáveis permeiam o cotidiano da pessoa que, muitas vezes, deixa de dar passos significativos na vida. Os tipos de medo Aspen podem somatizar em problemas no pulmão e rins e apresentar alergias respiratórias como asma, bronquite, enfisema, problemas nas vias urinárias e bexiga. No trabalho com Aspen, abrimos as portas do desconhecido para cruzarmos com harmonia a grande fronteira do consciente-inconsciente.

Quando o medo chega a um grau intenso demais e torna-se um pânico, temos uma essência para trabalhar o nosso lado heróico. Rock Rose é a essência do herói, que proporciona a harmonia, o centramento para que a pessoa consiga sair do estado de pavor e pânico. É também uma essência muito útil para ser utilizada em graves como a luta contra a morte por alguma doença grave, o trauma devido a um acidente.

No sistema dos Florais de Minas temos muitas essências que trabalham com os sintomas dos medos, bem como os estados emocionais que se relacionam com os mesmos.

Malus é uma essência para aquelas pessoas que são exageradamente detalhistas e obcecadas por limpeza. Possuem medo, por exemplo, de contaminação por germes e possuem repugnância em geral. Essa essência é um “antibiótico” floral, um depurador físico e psíquico.

Lavandula trabalha muito bem com o sentimento de inferioridade. Quando a pessoa se sente fracassada e não se sente segura quanto às suas capacidades. Teme tentar coisas novas pois acredita no fracasso. Por este motivo perde muitas oportunidades em sua vida.

Esses são alguns florais que trabalham com as sensações dos medos. Existem outros e, na maioria das vezes, elaboramos fórmulas com mais de uma essência que ajudam na busca do equilíbrio do indivíduo, trazendo à tona a virtude da coragem existente desde sempre em seu ser.

Você tem medo de que? Já parou para pensar que não existe mais o porquê conviver com ele?

Lhe convido a plantar flores no seu jardim. Decore sua vida, perfume seus dias, dê colorido à sua alma.

“Muda, que quando a gente muda, o mundo muda com a gente” (G. Pensador)

Quer saber mais sobre a riqueza das flores?

A semana que vem a gente volta a conversar. Vamos falar sobre ansiedade e os florais que podem ajudar!!

Mas se quiser experimentar a terapia floral entre em contato conosco e agende um horário. Será um prazer lhe receber.

Uma ótima semana repleta de cores pra você!

Leave a Reply